segunda-feira, 15 de maio de 2017

Migração do Blog

Em virtude de novas tecnologias do nosso site, migramos todas as nossas postagens do http://blog.cuattrin.com.br para http://www.cuattrin.com.br/noticias

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Cyber ataque efetuado pelo Wanna Decryptor



Mega ataque provocado pelo ransomware Wanna Decryptor atinge mais de 70 países simultaneamente, inclusive o Brasil. Com menos de três meses de criação, o vírus que é do tipo ransomware deixou hoje várias instituições governamentais pelo mundo fora do ar, inclusive o INSS do Brasil.

Hoje em dia, conseguir comprar um programa do tipo ransomware está se tornando muito fácil no mundo criminal cybernético, assim sendo, vários criminosos digitais podem desenvolver esse tipo de ataque sem a necessidade de conhecer sobre tecnologia e com muitas formas diferentes para tentar induzir o usuário a se contaminar. Por isso as empresas devem investir mais em segurança de seus dados.

Quando ataques do tipo ransomware acontecem fica fácil de tudo ser resolvido desde que você tenha uma disciplina muito estruturada de backup de dados. Infelizmente, na maioria das vezes as empresas acabam não dando a devida atenção a esse fator de segurança e quando isso acontece a única saída para obter seus dados novamente em pouco tempo é pagando o resgate solicitado pelos criminosos digitais.

Entenda melhor lendo minha matéria publicada em 09/03/2017 falando sobre um outro ransomware chamado Dharma, pelo link http://blog.cuattrin.com.br/2017/03/dharma-ransomware.html.



sexta-feira, 5 de maio de 2017

Contaminação através de arquivo PDF


Uma nova forma de tentar induzir o usuário a se contaminar com vírus ou trojans merece um cuidado redobrado.

Os criminosos digitais, agora enviam e-mails com anexos em PDF aparentemente inofensivos pois no arquivo nenhum problema existe, assim, você poderá estar recebendo uma Nota Fiscal eletrônica, por exemplo, e ao abrir o arquivo PDF não consegue visualizar o seu conteúdo com nitidez. O arquivo tem em anexo uma foto de uma nota fiscal eletrônica porém embaçada, e uma mensagem bem nítida informando que caso o usuário não tenha conseguido ver o conteúdo deverá clicar no documento para visualizar. Claro que o usuário não vai conseguir ver a nota eletrônica, e com isso induzem ao mesmo a clicar em qualquer parte do documento para ser enviado a um site que tentará contaminar o dispositivo. Os anti-vírus não detectam esta praga pois o arquivo PDF não contem conteúdo malicioso, que está na verdade hospedado no site.


Note que se deixarmos o mouse em qualquer posição do documento por alguns segundos o link malicioso será exibido.


Oriente sempre seus usuários, muitos poderão clicar tentando acessar uma nota fiscal que aparentemente não foi visualizada corretamente no seu computador. Cuidado nunca é demais! Informe sempre seus colaboradores.