quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Juiz que proibiu Whatsapp por 48 horas criou a maior rede de Conhecimento da Internet


Não se sabe se temos que agradecer ou não ao Juiz, que teve o o poder de bloquear um aplicativo no Brasil por 48hrs.

O Tribunal de Justiça de São Paulo informou que a decisão partiu da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo e corre em segredo de justiça em uma ação criminal. Segundo o TJ-SP, o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015, novamente a empresa foi notificada em 7 de agosto de 2015, com uma multa fixada em caso de não cumprimento e mesmo assim o WhatsApp não atendeu à determinação novamente. Por isso, o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet.

As operadoras dizem que tiveram que acatar a decisão judicial e bloquear o acesso ao aplicativo, mas não admitem que elas adoraram fazer isso, uma vez que as mesmas movem um processo contra o aplicativo pois o mesmo opera com ligações telefônicas.

Não seria melhor as próprias operadoras prestarem um serviço de qualidade para atender ao público ? E que seja acessível a todos os usuários ?

Bom enquanto pensamos nisso...

O Juiz conseguiu então que a toda a população e inclusive os criminosos que possuem uma grande organização, escolham em poucas horas alguma das soluções abaixo:

  1. Escolha de outro aplicativo para conversar;
  2. Que desbloqueiem o Whatsapp usando uma VPN
A Rede Particular Virtual (Virtual Private Network – VPN), como o próprio nome sugere, é uma forma de conectar dois computadores utilizando uma rede pública, como a Internet (a rede pública mais utilizada para este propósito). Dessa forma conseguimos que o aplicativo passe pelo bloqueio feito nas operadoras pois usamos uma conexão de fora.

Dentre os aplicativos de VPN que testamos nesta madrugada encontramos alguns muito bons:

VPN Unlimited–Hotspot Security

SecureLine VPN
Este e da AVAST gratuito por 7 dias, mas precisamos de apenas 2 dias que funcione...(rs)

Psiphon

Os dois primeiros se comportaram muito bem usando redes 3G, 4G e Wireless, funcionando perfeitamente em Android, iOS e Windows.

Uma vez instalado no Celular o aplicativo, ele deve ser ativado e cria um túnel de comunicação com a VPN que ele está conectado e ai todo seu tráfego de dados vem por essa rede, assim, as operadoras não conseguem bloquear o acesso, pois não usamos o IP delas. O aplicativo deve ficar conectado o tempo todo para que você possa usar, vai gastar mais banda larga... mas e daí temos o Wireless.

Eu particularmente optei pelo SecureLine VPN da Avast por ser uma empresa grande e conhecida em sua tecnologia. 

Então nada de reclamar com o Juiz, ele acaba de ensinar uma população imensa a usar uma tecnologia que já estava disponível a muito tempo.

Obrigado por fazer isso pela Tecnologia !!!

Ah, aproveitem e vamos pedir para que ele possa fazer uma liminar para instalar os bloqueadores de celular nas cadeias. Isso sim ajudaria muito ao Brasil e cortaria a comunicação com quem deveria ser cortada. Nem precisaria rastrear. Cortaria o mal pela raiz. Fica a Dica Vossa Excelência !!